7 de jan de 2016

Filmes Assistidos Recentemente

Meu Deus, como curto um filminho haha Nas férias então... Bom, eu andei assistindo alguns filmes diferentes nos últimos tempos e vim compartilhar com vocês porque sim :) 

Música, Amigos e Festa (We Are Your Friends)Cole Carter, um jovem DJ de vinte e três anos, sonha em ser um grande produtor musical. Quando o DJ veterano, James, passa a ser seu mentor, Cole conecta-se com a namorada de James, Sophie. A relação de Cole com Sophie floresce, mas quebra o vínculo com o seu mentor, que força Cole a tomar decisões difíceis sobre seu futuro.
Apesar da tradução escrota e sem muito nexo do filme, até que curti bastante. A sinopse se concentra na relação de Cole e Sophie, mas o filme vai além disso. Acredito que fala mais sobre amizade do que romance e acompanhamos algumas encrencas que Cole passa ao lado dos seus três amigos. No início eu fiquei me perguntando se era um filme mesmo ou algo a ver com a vida do Zac Efron, por conta da filmagem, rs, mas sim galera, é um filme com começo, meio e fim. Me emocionei bastante na última música - as memórias do Cole - e quem assistiu vai saber o motivo. Para quem não assistiu, vai descobrir ao ver. 


Para Sempre Alice (Still Alice)A Dra. Alice Howland é uma renomada professora de linguística. Aos poucos, ela começa a esquecer certas palavras e se perder pelas ruas de Manhattan.Ela é diagnosticada com a doença de Alzheimer de início precoce. A doença coloca em prova a força de sua família. Enquanto a relação de Alice com o marido, John, fragiliza, ela e a filha caçula, Lydia, se aproximam. 
Um dos filmes mais bonitos e realistas que vi recentemente. Para Sempre Alice é um drama e tanto, mas o ponto principal do filme é quem fica e quem vai. Quem encara a situação pela qual a personagem principal está passando e quem desiste. É difícil dizer, mas me identifiquei com o filme pois estamos passamos por algo parecido em casa. O filme nos traz muitos pontos nos quais devemos pensar e refletir a respeito, mas também traz a realidade vivida por muitas pessoas, principalmente de idade.


The DUFFA jovem Bianca descobre um dia que foi escolhidas pelas amigas de colégio como uma DUFF (Designated Ugly Fat Friend), ou seja uma amiga feia para que elas se pareçam ainda mais bonitas em comparação. Revoltada, Bianca pede a um atleta popular da escola para ajudá-la a melhorar o seu visual.
Não esperem mais um clichê a lá Cinderela para este filme. Moderno, divertido e jovem, o filme trás muito além do que simplesmente se vestir bem. Confesso que quando comecei a assistir, estava esperando mais do mesmo, mas agora é um dos meus filmes favoritos da atualidade. Ótimo para dar muitas risadas e aproveitar as férias. 


In Your EyesRebecca, a atônita esposa de um famoso médico e Dylan, um ex-condenado buscando recomeçar a vida, descobrem estar conectados. O casal pode ouvir e ver um ao outro. A partir desta ligação, Rebecca e Dylan iniciarão um inexplicável romance metafísico. 
Para quem viu Sense8 vai entender o filme do começo ao fim e quem não viu, também vai haha Basicamente o filme é uma versão menor e mal feita de Sense8 onde duas pessoas acabam se conectando, mas se uma forma bem mais tosca, digamos assim. É um filme legalzinho e tudo mais, mas está longe de ser um dos meus favoritos. Para passar o tempo é ótimo ;) 


Os Instrumentos Mortais: Cidade dos OssosClary Fray  presenciou um misterioso assassinato, mas ela não sabe o que fazer porque o corpo da vítima sumiu e parece que ninguém viu os envolvidos no crime. Para piorar a situação, sua mãe desapareceu sem deixar vestígios e agora ela precisa sair em busca dela em uma Nova Iorque diferente, repleta de demônios, magos, fadas, lobisomens, entre outros grupos igualmente fantásticos. Para ajudá-la, Fray conta com os amigos Simon e o caçador de demônios Jace Wayland, mas acaba se envolvendo também em uma complicada paixão.
Eu gostaria muito de ver o segundo filme, sério! Não sou fã de demônios nem nada do tipo, mas é uma boa história, com um bom elenco e com um bom enredo. O último filme mais "fantasia" que eu havia visto era Jogos Vorazes, então quis diferenciar um pouco. Lily Collins diva como sempre no filme e com uma atuação impecável e por aí vai. Resta esperar o próximo lançamento.



Na Natureza Selvagem (Into The Wild) - Início da década de 90. Christopher McCandless é um jovem recém-formado, que decide viajar sem rumo pelos Estados Unidos em busca da liberdade. Durante sua jornada pela Dakota do Sul, Arizona e Califórnia ele conhece pessoas que mudam sua vida, assim como sua presença também modifica as delas. Até que, após dois anos na estrada, Christopher decide fazer a maior das viagens e partir rumo ao Alasca.
Um dos meus filmes favoritos dos últimos tempos. Into The Wild é totalmente diferente de qualquer filme sobre liberdade. Talvez por se tratar de uma história real a coisa tenha ficado mais séria, rá! Eu já tinha ouvido falar sobre esse filme, mas nunca soube exatamente do que se tratava, até que achei na Netflix e resolvi dar uma chance. Não me arrependo. Impossível não imaginar por um segundo que você está no lugar do personagem principal, na estrada, correndo atrás de uma vida na natureza. O fim, confesso, é surpreendente porque eu realmente imaginei que fosse ser diferente, mas... 

5 comentários:

  1. Para sempre Alice é INCRÍVEL, não vi todos que citou, mas é o que mais recomendo da lista. Amei demais.

    Beijos, Love is Colorful

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Julianne Moore está incrível no papel né? Um arraso!
      Beijos :*

      Excluir
  2. não vi os outros filmes da sua lista, mas vi Cidade dos Ossos. Apesar das pessoas falarem super mal (comparando ao livro) eu curti bastante, vi no cinema.

    beijo
    beinghellz.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho super chato quem lê os livros e cria expectativas com os filmes. As pessoas não entendem o sentido da palavra "adaptação" haha. Nunca li os livros, mas já ouvi falar.
      Beijos :*

      Excluir

Obrigada por comentar ❤️